Documentário Mercadão Vivo de Jacareí registra histórias do patrimônio municipal

O registro cinematográfico é uma realização da LIC em parceria com a Fundação Cultural de Jacarehy, com o apoio da Fibria e CCR Nova Dutra

por Natalee Neco

Um mercado municipal é parte viva da história e da cultura de uma cidade. Historiadores já até ousaram em afirmar que, os conhecidos Mercadões, são centros naturais da vida social de uma determinada população.

Frequentar um mercado municipal, seja para comprar itens especiais que só lá achamos ou para comer um caprichado pastel acompanhado de caldo de cana, não se limita à uma simples ida ao comércio. É uma viagem no tempo, onde nos deparamos com memórias de pessoas que ajudaram construir o patrimônio de uma cidade e, mais do que isso, são lembranças de toda uma vida dedicada ao trabalho e ao sustento familiar.

Com o objetivo de preservar a memória de um dos prédios públicos mais simbólicos do município, valorizando por meio da oralidade as histórias e recordações contadas, será lançado na Sala Mário Lago em Jacareí, neste próximo sábado (28), às 16h, o documentário Mercadão Vivo Jacareí. A exibição será aberta ao público com entrada gratuita.

As bancas, costumes e hábitos tradicionais foram registrados por meio de entrevistas e ilustrações compostas por fotografias antigas, abordando um estilo poético em seu roteiro original.

Segundo o proponente do projeto, o diretor cultural Daniel Felipe de Paiva, o Mercadão Vivo de Jacareí nasceu para fomentar o audiovisual como ferramenta de registro de dados de patrimônios históricos por meio da valorização de memórias populares e documentais.

Mercado Municipal de Jacareí durante a gravação do documentário / Foto: Gláucia Chaves

“Todo Mercadão guarda mais do que uma arquitetura histórica e fartura gastronômica, ele guarda a própria cultura do local, costumes, histórias, lembranças, a identidade de um povo, até mesmo, da região. Queremos chamar a atenção da comunidade para isso e mostrar que o audiovisual é uma ferramenta de registro histórico”, diz Paiva.

O formato físico do filme em DVD será distribuído em escolas, bibliotecas e espaços públicos. Após um ano de circulação, o documentário também estará disponível na íntegra no canal do Youtube do projeto e poderá ser acessado gratuitamente.

O documentário Mercadão Vivo de Jacareí foi realizado por meio da LIC (Lei de Incentivo à Cultura), com apoio institucional da Fundação Cultural de Jacarehy e incentivo das empresas Fibria e CCR Nova Dutra. A equipe do projeto contou com profissionais jacareienses e a trilha sonora original é de autoria do músico Alê Freitas.


Natalee Neco

Natalee Neco é graduada em jornalismo e especialista em estudos culturais com ênfase em cultura popular brasileira. Possui formações complementares na área da cultura, projetos e políticas públicas culturais e, jornalismo literário. Atua no mercado de trabalho há três anos como assessora de imprensa, atendendo clientes de segmentos diversos e desenvolvendo também conteúdo para blogs, portais e redes sociais. Além disso, é pesquisadora de linhas diversas da comunicação e da cultura.

, ,