Três grandes paixões

por Claudio Davoli

Fiquei muito honrado quando a assessoria do portal me convidou para falar sobre minhas experiências com aventura e esporte. Depois de Deus e da família, tenho na odontologia, na aventura e no esporte minhas grandes paixões.

A odontologia é a paixão que me dá estrutura e condições para realizar as outras duas. Por outro lado, a aventura e o esporte retribuem à odontologia, porque são nelas que muitas vezes distraio minha mente da correria do dia a dia, preparo meu físico e melhoro minha qualidade de vida, me tornando um profissional melhor e me torno mais completo e realizado. Em outras palavras: feliz.

É claro que uma paixão nasce ou é inspirada por algo ou alguém e no meu caso sempre gostei das diversas modalidades, mas adorava assistir Armação Ilimitada, acompanhei a geração de prata do voleibol e a seleção da Copa do mundo de 82, e dentre as demais inspirações, o famoso Camel Trophy… quer dizer, famoso na minha época né?

Era uma espécie de Rally dos Sertões, onde várias equipes, com seus jipes, tinham que superar desafios e obstáculos, passando pela selva amazônica, num percurso de 1600 quilômetros. Vale a pena ler sobre esse Rally. No relato de um participante, ele diz que o espírito de trabalho em equipe foi o grande aprendizado que ele teve. Detalhe: mais uma vez a aventura ajudando meu lado profissional.

Obviamente que com 12 anos, ter e sair pilotando um jipe era impossível. Então, eu e um grande amigo, Edevar, também fã da modalidade, traçávamos diversas rotas e a percorríamos a pé, imaginando-nos num rally de verdade, dentro do Camel Trophy.

Nossa rota predileta era sair da casa da praia no bairro Indaiá em Caraguatatuba e ir até a Praia Brava pela trilha, passando pela Praia da Freira, Prainha e enfim chegar a Martin de Sá…. E essa é uma dica de trilha no Litoral Norte para toda família.

Litoral de Caraguatatuba entre as praias do Indaiá e Martim de Sá / Reprodução: Google Earth

Ali na infância me descobria como fã, aspirante e praticante de esporte diversos. Desenvolvi não só a paixão, mas a habilidade para as mesmas e cresci com uma meta de vida: fazer de tudo um pouco… Tanto que hoje jogo voleibol duas vezes por semana com meus 1,60 metros de altura.

Rally, Trekking, escalada, futebol, caminhada, corrida… Onde fazer? Quem procurar? Com quem falar? Quanto Gastar?

Partilharei aqui no nosso bate papo, nas diversas edições que virão, minhas experiências e abordarei mais especificamente cada tema, com o compromisso de dar a você leitor, as dicas de como e onde realizar essas aventuras e atividades.

Gostaria de agradecer à equipe pela oportunidade de estar nesse portal, a minha esposa Leticia que sempre me apoia e participe as vezes comigo, ao Bruno e ao Cauê, filhos, aventureiros e esportistas graças a Deus. Até a próxima!


Claudio Davoli

Claudio Davoli Brandão tem 45 anos e é dentista com aperfeiçoamento em cirurgia, implantodontia e ortodontia, com mais de 20 anos de atuação é também voluntário numa creche de São José dos Campos e contabiliza mais de 22 mil tratamentos. Tem como hobby praticar muito esporte, incluindo os radicais.

, , , , ,