AliExpress se prepara para o 11.11, o maior festival de ofertas do mundo

Maior data de vendas online do mundo, o festival 11.11 permitirá aos brasileiros comprar itens internacionais com preços 70% mais baixos em meio a atividades de lazer, cultura e diversão

Da Redação | outrosquinhentos.com

Mais de 1,3 bilhão de pedidos realizados em apenas 24 horas e um volume total de compras de US$ 38,4 bilhões. Estes números, que equivalem ao faturamento de três anos inteiros do e-commerce brasileiro e que são cinco vezes maiores que o faturamento registrado na Black Friday, nos Estados Unidos, referem-se ao “11.11”, nome do maior festival global de ofertas do mundo, criado originalmente na China pela multinacional de tecnologia Alibaba.

Além de descontos agressivos que incluem produtos de marcas e grifes famosas, o 11.11 tornou-se famoso em boa parte do mundo por criar uma atmosfera de diversão e entretenimento, em que shows e eventos artísticos acontecem em sintonia com o festival de ofertas. O sucesso da estratégia é refletido no crescimento exponencial do festival, criado justamente há 11 anos. Em sua última edição, por exemplo, apenas nos 85 primeiros segundos do evento, US$ 1 bilhão foi registrado em vendas.

Presente no Brasil há mais de uma década, o AliExpress assegura as ofertas do 11.11 para consumidores locais há vários anos. Esta será a primeira vez, no entanto, em que o festival ocorrerá no país acompanhado de ações culturais, exatamente como acontece em seu mercado de origem, a China. Os nomes dos artistas, shows e ações com personalidades brasileiras que participarão da ação do 11.11 brasileiro ainda são mantidos em sigilo, parte do esforço para criar um “efeito surpresa” para os consumidores locais.

Melhor experiência de compra – O 11.11 brasileiro consolidará, no país, uma série de melhorias recém-introduzidas no AliExpress, como a adoção de de três voos fretados semanais para o Brasil. A logística aérea reduz o tempo de entrega para os consumidores finais. Atualmente, compras feitas no exterior pelo AliExpress chegam até a casa do consumidor no prazo médio de 30 dias, o que permite, por exemplo, explorar os descontos do 11.11 para adquirir presentes para o Natal.

O serviço usará, ainda, a tecnologia de consolidação de pedidos chamada “AliExpress Direct”, com a qual o consumidor recebe em uma única encomenda produtos comprados de diferentes lojas do marketplace. O método reduz custos logísticos e permite, no caso de compras com valor acima de US$ 15, que o usuário possa em muitos casos receber sua encomenda com frete gratuito.

“A combinação entre diversas inovações tecnológicas que melhoram a experiência de compra do usuário e a mistura de elementos de diversão com as ofertas que compõem o 11.11, tornam o ano de 2020 o mais importante para a expansão do AliExpress no Brasil”, afirma Yan Di, country manager da empresa no país.

Neste ano, a empresa implementou no país um serviço de devolução de pacotes que pode ser feito para um endereço brasileiro, sem custos e com reembolso integral para os itens marcados com o selo “Free Return”, além de oferecer um serviço de atendimento ao consumidor operado por pessoas nativas em língua portuguesa, para esclarecer dúvidas dos compradores. Em uma adaptação às características de consumo locais, o AliExpress também permite o pagamento em até 6 parcelas, sem juros, método de compra popular entre consumidores do Brasil.

, , ,