Aplicativo só para mulheres, Lady Driver chega à RMVale

Empresárias Bruna Santos e Rhadia Xavier são as licenciadas da marca em quatro cidades. Sinal será liberado a partir do dia 6 de outubro, em Taubaté e Tremembé

por Zilma Cardoso | outrosquinhentos.com | Taubaté

O aplicativo de transportes Lady Driver, exclusivo para passageiras e motoristas mulheres, chegou na região e já começa a funcionar a partir do dia 6 de outubro nas cidades de Taubaté e Tremembé.

O evento de pré-lançamento aconteceu em agosto e foi liderado pelas licenciadas nas quatro cidades Taubaté, Pindamonhangaba, Tremembé e Caçapava, Bruna Santos e Rhadia Xavier. No evento as motoristas credenciadas receberam treinamento e assistiram a palestra ceo e founder Gabi Corrêa, que criou o aplicativo em 2017 após ter sofrido assédio em um táxi.


Leia também: Fisioterapeuta de São José dos Campos Ministra Aula sobre Cosmetologia para alunos da Universidade do Arizona

“A Lady Driver é uma novidade para a nossa região e além da segurança que traz para as mulheres, traz também uma oportunidade de trabalho para motoristas mulheres, que querem trabalhar com horário flexível e ganhos garantidos. Vale ressaltar, que ainda estamos em busca de novas motoristas para crescer ainda mais nossos atendimentos nas quatro cidades, o número total de motoristas é de 726 e ainda temos mais de 500 vagas em aberto”, conta Bruna Santos, licenciada Lady Driver.

Nas demais cidades, Caçapava e Pindamonhangaba, o cadastramento está a todo vapor e o sinal será liberado assim que houver o número previsto de motoristas cadastradas.

“Vamos operar a princípio nas cidades de Taubaté e Tremembé com cerca de 160 motoristas que já estão credenciadas. Em Caçapava e Pinda o cadastramento continua pois precisamos atingir o número mínimo de cadastros para liberar o sinal”, explica Bruna.

O Lady driver traz um grande diferencial para as cidades quando falamos de transportes. Como passageiros, a Lady aceita apenas mulheres e crianças de 8 a 16 anos de ambos os sexos. Homens somente podem entrar nos veículos como passageiros se estiverem acompanhados de uma mulher. O aplicativo conta também com o serviço de agendamento para crianças, idosas.

“Uma vantagem para as passageiras que não precisam ficar na rua esperando o carro chegar, apenas agendam um horário. As mães também podem agendar corridas para os filhos se locomoverem da escola para a natação, inglês, ballet por exemplo”, conta a licenciada Rhadia Xavier.

Para as mulheres que tiverem interesse em se cadastrar como motorista, é necessário ter CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria B, mas com a observação de exercer atividade remunerada, ter acesso a um veículo com no máximo 10 anos de uso, 4 portas e ar condicionado. Interessadas podem se inscrever pelo aplicativo ou site ladydriver.com.br.

Para as passageiras, o aplicativo já está disponível nas lojas virtuais tanto para Android, quanto IOS para download. Quem baixar já terá acesso aos descontos dos parceiros do aplicativo e também receberá em primeira mão o aviso da liberação do sinal.

*Os textos dos colunistas são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente expressam a opinião de outrosquinhentos.com
Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte da lista de Assinantes OutrosQuinhentos! É fácil, é rápido e é grátis! Envie QUERO para o nosso whatsapp (12) 99190 6677 ou clicando aqui.



, ,