BBB 2021: 5 dicas de como fazer o seu primeiro milhão fora do reality show

Poupar, investir e traçar metas estão entre as principais ações para atingir esse objetivo

Da Redação | outrosquinhentos.com

Começa neste mês a 21ª edição do Big Brother Brasil, o reality show mais famoso do país. Criado em 2002, o programa é conhecido por premiar o ganhador com R﹩1,5 milhão. Por esse motivo, as inscrições para o BBB batem recorde a cada edição. Mas, mesmo que você não tenha sido selecionado, saiba que é possível conquistar esse patrimônio fora da casa com foco e um bom controle financeiro.

Carlos Terceiro, fundador e CEO do Mobills, aplicativo completo para gestão de finanças pessoais, explica abaixo quais são os passos necessários para quem quer conquistar a independência financeira e acumular o primeiro milhão.

Organize seu orçamento

Para começar um planejamento financeiro, é preciso ter um “raio-x” das receitas e despesas de forma evidente e, com isso, saber responder a pergunta que a maioria das pessoas fazem ao final do mês: “Onde foi parar o meu dinheiro?”. Para isso, existem inúmeras ferramentas que podem ajudar, desde anotar os ganhos e gastos em um caderno até utilizar uma planilha ou aplicativos de gestão financeira, como o Mobills. O importante é saber qual a renda mensal, as despesas fixas e variáveis e quanto é gasto em cada categoria.

Poupar dinheiro

Depois de descobrir como está seu orçamento, é a hora de analisar quais gastos você pode reduzir a fim de poupar dinheiro. É nesse momento que é preciso se atentar a quanto você gasta com coisas de baixo valor, como um cafézinho depois do almoço, mas que no fim do mês resulta em uma quantia que poderia ser poupada e investida.

Ter uma renda extra

Existem no mercado diversas plataformas e aplicativos que garantem uma renda extra. Uma das opções para completar a renda é oferecer um serviço em que você tenha aptidão. As oportunidades abrangem variados segmentos. Para quem deseja passear e hospedar cães em casa ou se tornar pet sitter, existem aplicativos como a DogHero. Por meio de plataformas como o GetNinjas, que oferece mais de 200 tipos de serviço, você pode oferecer online aquilo que você sabe fazer de melhor. Também é possível fazer uma renda extra vendendo peças que não utiliza mais em espaços como a TROC, brechó online que conecta pessoas que querem comprar e vender peças de marcas e em perfeito estado. Utilizar suas habilidades e criatividade a seu favor é uma ótima forma de ter uma renda extra!

Defina seus objetivos financeiros

Seja para juntar R﹩ 1 milhão, viajar o mundo ou comprar uma casa própria, é necessário definir seus objetivos e traçar um plano para alcançá-los. Além disso, é preciso ter disciplina para não desistir das metas de longo prazo.

Comece a investir para multiplicar seu patrimônio

O tempo é aliado do investidor. O aporte e o rendimento mensal influenciam bastante no prazo para atingir determinado objetivo. No entanto, levando em consideração conceitos tais como maximização de utilidade e expectativas futuras, um consumidor inteligente sabe que precisa poupar para o longo prazo e investir o dinheiro considerando o potencial de multiplicação do capital. Dessa forma, se um dia você pensou que se tornar um milionário seria impossível, comece a investir hoje, faça os cálculos e verá que essa pode ser a sua realidade.

Veja como isso funciona na prática

Para te auxiliar, o Mobills separou abaixo uma simulação com tipos diferentes de investimento e levantou quais são os períodos e os aportes mensais necessários para acumular um patrimônio de R﹩ 1 milhão. Isso tudo levando em consideração os juros compostos e seu poder potencializador da multiplicação do dinheiro.

PERFIL DE INVESTIDOR CONSERVADOR

Se você possui um perfil de investidor mais conservador e optar hoje por investir R﹩ 2.050,00 por mês no Tesouro Selic, com base na última atualização da taxa (2% a.a) em 30 anos você terá acumulado cerca de R﹩ 1.007.086,86. Em um período de 22 anos, com aportes mensais de R﹩ 1.517,61 no Tesouro IPCA+ (considere IPCA + 3,41% e a Inflação 4,31% a.a.), você terá R﹩ R﹩ 1.009.422,80. Perceba que apenas uma mudança na escolha de investimento reduziu o valor dos aportes, tempo, e alcançou aproximadamente a mesma quantia desejada.

Em uma simulação com outras aplicações em renda fixa, como CDB e LC, com rentabilidade anual de 127% do CDI (considere o CDI a 1,9% a.a), pensando em um investimento mensal de R﹩ 2.000,00, em 2050 você terá R﹩ 1.050.104,80. Já aplicando R﹩ 1.500,00 por mês em um fundo de investimento em renda fixa, com rentabilidade média de 10% ao ano, em 20 anos você também acumulará um patrimônio de aproximadamente R﹩ 1 milhão.

PERFIL DE INVESTIDOR MODERADO

Para o investidor moderado, a segurança é importante, mas ele busca retornos maiores, aceitando, portanto, assumir algum risco. Desta maneira, este perfil aceita que parte de seu patrimônio seja alocado em renda variável e o restante em aplicações mais estáveis, como as mencionadas no perfil de investidor conservador. O equilíbrio no investimento é a característica chave do investidor moderado.

PERFIL DE INVESTIDOR AGRESSIVO

Se você possui um perfil de investidor mais agressivo e decidir pela renda variável como as ações, ou mesmo um fundo de investimento de maior risco, considerando uma rentabilidade até razoável e relativamente fácil de se conseguir com base na economia atual, você consegue acumular o patrimônio de R﹩ 1 milhão em aproximadamente 10 anos investindo R﹩5.000 por mês a uma taxa de rentabilidade mínima de 13% ao ano.

Ao final desse período, você teria um total investido de R﹩ 600.000,00, um total ganho em juros de R﹩ 569.581,19 e um patrimônio total acumulado de R﹩ 1.169.581,19. Dessa forma, como pode ver, quanto antes você começar a investir, e quanto maior for a sua capacidade de fazer maiores aplicações, melhor.

OBS: Investimentos com rentabilidade de aproximadamente 13%: ações e fundos de investimento.

, , , , , , , ,