Garagem dos livros, da cultura e da comunidade

Em Jacareí – SP, uma biblioteca comunitária chama atenção por incentivar a leitura e mudar a realidade da comunidade local por meio da arte e educação

por Maiara da Mata
Voluntários e comunidade na Avenida 2, endereço da Biblioteca do Pedramar / Foto: Divulgação

De três coisas o homem precisa para ser feliz: benção divina, livros e amigos. A frase do religioso, educador e jornalista JeanBaptisteHenri Lacordaire, tornou-se lema da história que vamos contar nesta reportagem. A palavra “livros” no contexto deste lema chama atenção porque foram eles que deram vida ao projeto que acontece no bairro Jardim Pedramar, na cidade de Jacareí, região do Vale do Paraíba – SP.

Na Avenida 02 do bairro, está localizada a casa de número 39, e é lá que tudo acontece. Na garagem nasceu a “Biblioteca Ler para Crescer”, uma biblioteca comunitária que além de contribuir para o incentivo à leitura, realiza atividades para estimular crianças e jovens na busca e interesse pela cultura e educação.

O bairro Jardim Pedramar é reconhecido na cidade por promover atividades culturais que envolvem movimentos de coletivos engajados em oferecer à comunidade, incentivo ao interesse pela cultura e arte/educação. A biblioteca, inclusive, nasceu de uma ação cultural realizada pelo coletivo Cultura no Morro.

Maria Aparecida, professora aposentada, é a protagonista desta história. O endereço citado acima é da casa dela, a biblioteca fica na própria garagem. Cida, como é conhecida no bairro, conta que guardava um pequeno acervo de livros em casa, foi aí que surgiu a ideia de criar a biblioteca com os livros que tinha. Junto com ela, estão seus “bibliotecários voluntários”, como costuma chamar os jovens que decidiram embarcar nessa ação de incentivo às outras pessoas na busca pelo conhecimento por meio da leitura.

“Conseguimos desenvolver muitas ideias e é muito gratificante ver as pessoas frequentando nossa biblioteca. Formamos um grupo de mães da comunidade que nos auxiliam com os projetos. Atualmente estou me dedicando e ampliando meus conhecimentos com bibliotecas, estou muito feliz e realizada com o projeto”, conta Maria Aparecida.

Cida no meio de seus bibliotecários voluntários / Foto: Divulgação

A biblioteca completa três anos de existência em 2018, os voluntários recebem diariamente doações de livros e jogos, o que contribui para o aumento de crianças que frequentam o local. Neste ano a biblioteca recebeu doações de cerca de 500 livros, além de mais três estantes e alguns jogos. Redney, um dos bibliotecários voluntários, conta que atualmente muitos jovens também passaram a frequentar a biblioteca, mas além de se interessarem pela leitura dos livros, a novidade foi a Cineteca (um cinema na própria biblioteca que exibe filmes e documentários diversos) o que incentivou muitos jovens a frequentarem ainda mais o local.

“Nós esperamos que mais pessoas desenvolvam o gosto pela leitura. Eu mesmo não tinha contato com os livros como tenho hoje. Agora eu busco e vejo que é assim que funciona com muitas pessoas que procuram a biblioteca. Muitos não tinham contato com os livros e a tecnologia contribuiu para que esse contato diminuísse. Então esse é nosso objetivo como biblioteca, levar esse contato com os livros, além de oficinas e tudo que estimula”, conta Redney Neves.

Atualmente, a biblioteca trabalha com uma programação anual e temática. Cida e os jovens prepararam uma agenda de oficinas e comemorações que reúnem eventos como carnaval, folclore, dia dos pais, além de organizarem uma atividade especial para as crianças nas férias do mês de julho. A existência da biblioteca no bairro possibilitou que a vida em comunidade pudesse agregar e expandir o conhecimento por meio da arte, cultura e educação, alcançando o maior número de pessoas.


“Muitos não tinham contato com os livros e a tecnologia contribuiu para que esse contato diminuísse”. – Redney Neves


A Biblioteca Ler para Crescer segue aberta para visitação, as atividades são gratuitas e eles recebem doações de livros, jogos e todo tipo de contribuição artística ou cultural que colaborem com o avanço das atividades. Afinal, tudo que eles querem é formar uma rede que reúna bons livros, benção divina e, claro, muitos amigos.

Funcionamento

Biblioteca Ler para Crescer – Aberta todos os dias

Endereço: Avenida 02, N°39, Jardim Pedramar, Jacareí – SP.


Maiara da Mata

Maiara da Mata é jornalista. Trabalhou durante 4 anos como repórter e apresentadora em TV pública. Atualmente trabalha com produção audiovisual. Acredita que uma boa reportagem pode ultrapassar o limite de apenas informar, pois também forma, ensina e amplia o olhar do leitor para um senso crítico mais apurado. Por isso valoriza o poder da escrita, assim como o poder de transformação da música. Gosta de arte, cultura e de lugares, mas seu coração pulsa forte por histórias de vida. Carrega como lema a frase de uma jornalista que é fonte de inspiração para o seu trabalho: “Um ser humano, qualquer um, é infinitamente mais complexo e fascinante do que o mais celebrado herói” (Eliane Brum – jornalista).

, , , , , , , , , , , , , ,