Coronavírus: Como entreter as crianças durante o período de quarentena?

Em tempos de isolamento social e quarentena em família, nutricionista dá dicas de como driblar o tempo livre com os pequenos

por outrosquinhentos.com

Com as aulas presenciais suspensas e a recomendação para permanecer em casa, pais e familiares vem enfrentando o desafio de ocupar o tempo livre das crianças. O momento é oportuno para estreitar os laços com os pequenos, aproveitar o tempo com a família reunida e criar atividades que possam ser desenvolvidas por todos.

Para isso, é bastante importante explicar a situação e deixar claro que não são férias escolares, mas sim, uma medida para contenção do coronavírus. É hora de adotar medidas de prevenção e exercer o cuidado.

Priscila Gomes, nutricionista do Mundo Verde, comenta que explicar sobre a importância da lavagem das mãos é fundamental, mas deve ser feito de uma maneira lúdica para que a criança entenda. “Coloque um tapa olho nas crianças, diga que está colocando sabonete nas mãos, mas coloque tinta guache. Peça que esfregue bem as mãos: a tinta marcará as partes onde a criança realmente lavou as mãos e deixará de marcar onde houve a ausência da lavagem”, destaca a profissional ressaltando que a atividade ilustra muito bem as partes das mãos mais esquecidas durante e higienização”.

Outro momento que pode ser muito proveitoso, é o café da manhã. “Aproveite a oportunidade para pedir a ajuda dos pequenos no preparo, aumente o consumo de frutas, consuma cereais integrais, queijos, ovos e desta maneira, terá um café da manhã rico, com todos macronutrientes, vitaminas e minerais”, explica.

Realizar as refeições em família é uma boa maneira de promover a união, durante a quarentena. “Tenha alguns alimentos já previamente preparados e congelados, como feijão, carnes, frangos, peixes, legumes no vapor ou refogados. A criança também pode ajudar colocando a mesa, sempre que possível, envolva-os nas atividades, ele se sentirá importante.”

Confira abaixo mais atividades lúdicas para promover com os pequenos:

Acampamento sem sair de casa: não tem barraca? Monte uma barraca com lençol, coloque brinquedos, cadeirinhas e prepare lanches saudáveis como se estivesse fora de casa. Livros com histórias podem completar a brincadeira.

Mini horta: depois de plantar, oriente as crianças a cuidar das plantinhas todos os dias, regando ou colocando ao sol.

Circuito com obstáculos: os móveis da casa são os obstáculos, diga que é um desafio e pode ser completo com uma missão, por exemplo: precisa chegar até o quarto, passando por debaixo da mesa, pulando só de um pé no corredor e sem deixar uma bola cair.

Brincadeiras de faz de conta: vale brincar de loja, escolinha, restaurante, médico, veterinário, etc.

Stop: para os grandinhos, essa brincadeira clássica diverte a família toda.

Jogos de tabuleiros: Há muitas opções e os maiores adoram.

Mimica e estátua: garantem várias risadas para a família toda.

Dobraduras com papel: no Youtube tem vários vídeos que ensinam a fazer origamis, técnica japonesa que cria formas com papel sem cortes nem cola. Faça aviões de papel e crie um alvo para acertar ou uma corrida de barquinhos de papel.

Detetive: crie uma lista com objetos que as crianças precisam encontrar pela casa.

Caça ao tesouro: esconda um “tesouro”, crie um mapa e espalhe pistas pela casa, depois a brincadeira pode inverter com as crianças escondendo o tesouro e desenhando o mapa para os adultos encontrarem.

Armadilha: com o papel crepom cortado em tiras, forme uma espécie de teia à medida que vai colando as tiras nas paredes do corredor. Coloque em alturas e posições diferentes para criar o efeito de obstáculo e desafie a criança a atravessar de um lado para o outro no corredor, sem tocar nas tiras.

Aproveite o momento em família. E fique em casa com segurança!

, , , , , ,