Dê folga às vacas: Conheça os benefícios do leite vegetal para a saúde

O alimento, principalmente, está sempre presente desde a infância como alimento básico do cardápio

Da Redação

Durante toda nossa vida somos instruídos a acreditar que, para mantermos uma alimentação equilibrada e a saúde em dia, é preciso consumir alimentos de origem animal, como a carne, ovos e leite.

Um dos grandes mitos inseridos em nossa cultura é a de que o leite animal é a única fonte de cálcio e que seu consumo é essencial para a saúde óssea. De acordo com o Guia alimentar para população brasileira, do Ministério da Saúde, a exclusão do leite de vaca na alimentação não é prejudicial para aqueles que seguem uma dieta balanceada.

Dentre o grupo de alimentos vegetais ricos em cálcio, estão os vegetais verde escuro, como couve, agrião, brócolis, entre outros.

Outro ponto importante é em relação ao aproveitamento dos nutrientes. A biodisponibilidade de cálcio em alguns alimentos vegetais chega a ser maior do que a do leite vegetal. Segundo a Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição, alimentos como couve, repolho, brócolis e couve flor, são ricos em cálcio com absorção entre 50 e 60%.

Leite vegetal

O leite de soja é o leite vegetal mais comum e conhecido no mercado. O que poucas pessoas sabem é que dá para fazer uma infinidade de outros leites vegetais, gostosos e nutritivos, que podem ser utilizados com tranquilidade no dia a dia para o consumo direto ou no preparo de receitas.

O leite vegetal vem da extração do suco de alimentos como castanhas, frutos, raízes,  grãos ou farelos, já sendo consumido há séculos em outros países.

Os leites vegetais são muito procurados por pessoas que possuem intolerância à lactose ou alergia à proteína do leite; ou mesmo aquelas pessoas que por questões éticas, emocionais e/ou de saúde, decidiram parar de consumir alimentos de origem animal, como os veganos e vegetarianos estritos.

Quais os benefícios do leite vegetal?

Os leites vegetais são muito nutritivos. Excelentes fontes de cálcio, potássio, vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina D, explica o diretor da Vida Veg Anderson Rodrigues. Os produzidos com amêndoas, como o Leite de Amêndoas Vida Veg, por exemplo, contém alto teor de antioxidantes, Vitamina E e B2.

Além de magnésio e potássio e no auxílio ao aumento dos níveis do considerado “bom colesterol” (HDL) e redução do “mau colesterol” (LDL), auxiliando assim na prevenção de doenças cardiovasculares. Já o Leite de Coco Vida Veg, é rico em vitaminas (c, b, a) e minerais (sódio, potássio, cálcio, manganês, magnésio, fósforo, cobre e ferro), além de possuir ação diurética, evitando retenção de líquidos e inchaço e excelente fonte de energia rápida, ideal para praticantes de atividades físicas.

Leite animal x leite vegetal

Em relação ao cálcio presente nos leites, tanto vegetal quanto animal, podemos comparar seus valores nutricionais. Confira:

Leite Vegetal Vida Veg – 330mg de cálcio em uma porção de 200ml.

Leite animal enriquecido – 234mg de cálcio em uma porção de 200ml.

Dentre os tipos mais comuns de leite vegetal estão: Leite de aveia, Leite de Coco, Leite de inhame, Leite de Amêndoas e Leite de arroz. E se os benefícios das origens vegetais são ainda mais evidentes, as receitas não deixam a desejar no quesito facilidade. Para comprovar, confira a receita de leite vegetal de aveia.

Ingredientes

1 copo de aveia

4 copos de água

Modo de preparo

A preparação é similar ao da amêndoa, mas a aveia precisa de 1 hora de molho. Após hidratar coe a aveia e bata no liquidificador com os 4 copos de água até ficar homogêneo. Coe com um coador fino ou um pano.

, , ,