Desenvolve Vale volta de Portugal com conhecimento, boas ideias e oportunidades de negócios

Missão empresarial promovida pela Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e parceiros passou por Lisboa, Cascais e Oeiras

por Marilda Serrano, para outrosquinhentos.com | São José dos Campos
13/07/2022 16h54

Os conselheiros do Desenvolve Vale que participaram da missão empresarial promovida pela FCPCB (Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil), Atlantic Hub e No Gap Ventures em Portugal, na semana passada, voltaram da Europa com muito conhecimento, boas ideias e a possibilidade de oportunidades de negócios sustentáveis.

De 27 de junho a 1º de julho, o grupo visitou instituições governamentais, escritórios jurídicos, de planejamento urbano, coordenação de obras, empresas e centros de inovação e tecnologia, além da Copipi, um dos principais eventos imobiliários da Europa  para conhecer o ecossistema de Real Estate e Construtech português. Visitas técnicas, networking e negócios foram o foco da missão, formatada especialmente para o perfil dos empreendedores do Desenvolve Vale.

Para Nuno Rebelo de Sousa (presidente da Câmara Portuguesa de São Paulo e vice-presidente da FCPCB), que articulou a parceria com o Desenvolve Vale, a missão serviu para interagir com entidades públicas, conhecer programas de incentivo para atrair investidores e conversar com empresas privadas com oportunidades de negócios. “Isso é importante para conhecer as condições que o país oferece e traçar uma estratégia de internacionalização ou investimentos em Portugal. O foco foi no Real Estate e setor imobiliário, área muito forte de investimento para os empresários do Desenvolve Vale, e na tecnologia, uma vez que Portugal tem um dos melhores ecossistemas da Europa, sobretudo na área de startups, com 3.500 empresas, 80% delas estrangeiras. Só estamos atrás de Berlim e Londres”, destaca.

Para ele, outros segmentos que se destacam no Vale do Paraíba e no Brasil também podem encontrar boas oportunidades em Portugal, como aeronáutica, agrotech, fintech, saúde, educação, têxtil e calçados. “As franquias também são pouco exploradas, vemos poucas marcas brasileiras no exterior. O câmbio atual oferece boas perspectivas para as empresas brasileiras se internacionalizarem. Portugal pode ser apenas um começo para a entrada em toda a Europa e norte da África”, afirma.

Segundo ele, a parceria entre FCPCB e Desenvolve Vale está apenas começando. “Vamos continuar em contato, acompanhando os empresários e seus possíveis investimentos, dando apoio e oferecendo a nossa estrutura em Portugal, assim como acesso aos órgãos e programas para auxiliar os empreendedores”, diz.

Para Kiko Sawaya, coordenador do Desenvolve Vale, a missão superou as expectativas e proporcionou perspectivas de crescimento para as empresas da RMVale.“Tivemos uma excelente recepção e pudemos saber mais sobre as condições para negócios em Portugal, além do contato com iniciativas inovadoras, que podem inspirar ações na RMVale. Também mostramos um pouco do que temos a oferecer em termos de tecnologia e know-how, para que o intercâmbio possa ser mais efetivo. Foi um primeiro passo importante para avaliar investimentos e parcerias”, comenta.

Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte da lista de Assinantes OutrosQuinhentos! É fácil, é rápido e é grátis! Envie QUERO para o nosso whatsapp (12) 99190 6677 ou clicando aqui.



, , , , , , , ,