Esquiar por menos de 100 reais?

Esquiar por menos de 100 reais? Sim, é possível! E aqui pertinho de São Paulo…

por Claudio Davoli

As vezes achamos que esquiar exige sair do país, gastar uma fortuna. Mas existem opções acessíveis aqui no Brasil mesmo. Vou dar algumas dicas pra quem quer conhecer esse esporte de aventura, contando um pouco da minha pequena experiência com o esqui. A começar pelo mais acessível…

São Roque

Em São Roque (160km de São José dos Campos, 70km de São Paulo), tem uma pista de esqui artificial com uma área para iniciantes e uma pista maior de 2km aproximadamente. Uma hora de esqui com todo o equipamento incluso sai em média a 80 reais (valores para agosto de 2018). O local conta com um parque de aventura também. Além da pista, São Roque tem a rota do vinho, uma estrada com varias vinícolas e restaurantes.

Serra Gaúcha

Outro lugar para esquiar aqui no Brasil é na Serra Gaúcha, onde tem uma pista indoor, com gelo de verdade. Uma pista não muito grande, mas que dá para sentir um pouquinho do prazer de esquiar. No local também há outras atividades com gelo, como pista de patinação, boias dentre outras atrações. Sem contar que a Serra Gaúcha é um dos locais mais belos do Brasil, com paisagens lindas, boa gastronomia e ótimos vinhos.

Argentina

Se quiser ir um pouquinho mais longe pra esquiar, temos no inverno da América do Sul muitas estações de esqui. Vou contar um pouquinho as que conheço. Na Argentina tem o Cerro Catedral, em Bariloche , onde em 2010 tive o primeiro contato com a neve e o esqui. Fiz uma aula, algo que ajuda muito para aproveitar o passeio. O Cerro Catedral conta com muitas pistas, vários meios de elevação e com uma vista maravilhosa de Bariloche e de seus lagos.

Ainda na Argentina, tem Ushuaia, cidade mais ao sul do mundo, também conhecida como o Fim do Mundo. La esquiei no Cerro Castor e Cerro Glaciar Martial, que fica a 7 km de Ushuaia. Um lugar especial porque fiz um trekking na neve e também fiz uma aula para aprender a descer as pistas maiores. Em Ushuaia também tem vários passeios e esporte com neve, com algumas atrações noturnas maravilhosa, como moto na neve.

Chile

E temos aqui “ao nosso lado”, o Chile. Lugar que da a oportunidade de se hospedar em Santiago e a partir daí ir para várias estações de esqui relativamente perto. Farellones é um parque de neve, próximo a Santiago, com poucas pistas de esqui, relativamente fáceis de esquiar. Um local ideal para os pouco experientes como eu. Tem também outras atrações de neve, como bicicletas de neve. Foi a opção mais barata que encontrei próximo a Santiago.

El Colorado é outra pista de esqui, localizada também nos Andes Chilenos, um pouco mais alta que Farellones, já com mais pistas que o anterior e com vários níveis de dificuldade. Tem uma vista deslumbrante de Santiago.

E com todo seu glamour, tem o Vale Nevado. Local mais elevado que as estações já citadas e com pistas mais inclinadas também. Apenas visitei o local, como era junho, as pistas estavam fechadas ainda. O Chile ainda conta com suas vinícolas, desertos, um litoral próximo da Capital e a famosa Ilha de Páscoa.

Algumas considerações importantes

Sempre que for possível fazer uma aula ajuda muito, principalmente a aprender da forma correta e assim evitar vícios difíceis de corrigir depois.

Eu nunca andei de snowboard, falam que é mais difícil que esqui, meus filhos se aventuram a praticar apenar uma vez e depois voltaram para o esqui.

Enfim, são com certeza, um dos melhores dias da minha vida, esses dias que fico com os esquis nos pés.

E como vimos, é possível praticar esse esporte num país tropical como o nosso e a preços não tão altos. Se me perguntarem se prefiro ir para Disney ou esquiar , sem duvida escolho a neve.


Claudio Davoli

Claudio Davoli Brandão tem 45 anos e é dentista com aperfeiçoamento em cirurgia, implantodontia e ortodontia, com mais de 20 anos de atuação é também voluntário numa creche de São José dos Campos e contabiliza mais de 22 mil tratamentos. Temcomo hobby praticar muito esporte, incluindo os radicais.