Estudantes plantam 400 mudas de árvores nativas em Área de Preservação Permanente de São José

Escola pretende fazer outras atividades ambientais na APP, como observação de pássaros e projetos pedagógicos no local

Da Redação | outrosquinhentos.com | São José dos Campos
14/10/2022 12h27

Mais de 400 mudas de árvores nativas foram plantadas pela Sphere International School na Área de Preservação Permanente (APP), que pertence à escola e fica às margens do Córrego Senhorinha, em São José dos Campos (SP). A iniciativa está revitalizando a reserva ambiental e, futuramente, os alunos poderão usar o local para pesquisas escolares. Parte da área da escola integra a APP, que fica do lado direito do córrego, que desemboca no Rio Paraíba do Sul, que abastece o consumo de água de cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. O plantio das últimas 80 mudas foi realizado nesta sexta-feira (14/10).

O planejamento começou há cerca de dois meses, quando a diretora da escola, Manuela Gimenes, convidou o engenheiro agrônomo, William Alvarenga Portela, para fazer uma análise da área e ele constatou a necessidade de remover 20 árvores dos tipos Leucema e Santa Bárbara, que são consideradas espécies invasoras. Na ocasião, foi realizada uma explicação ambiental para os alunos sobre os problemas causados por estes exemplares. As espécies invasoras têm proliferação avassaladora no solo e impedem que outras árvores nasçam no local, por isso sua retirada é permitida por lei.

A remoção das espécies invasoras abriu espaço para o replantio de plantas típicas da mata atlântica. A equipe do engenheiro agrônomo junto com os estudantes da Sphere plantaram 320 novas mudas. Eles voltaram ao local nesta sexta, dia 14/10, e realizaram o plantio de outras 80 árvores nativas. Entre as novas espécies estão: palmito, ipês, jabuticabeira, embaúba, entre outras.

“Estamos fazendo esse trabalho de plantio de espécies nativas, de conservação do local e de educação ambiental com nossos alunos. Nossa ideia é que eles frequentem a área para realizar pesquisas e outras atividades que não agridam o meio ambiente. Estamos conectados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que fazem parte da nossa proposta pedagógica e ter essa área dentro escola nos dá inúmeras oportunidades para praticar a agenda dos ODSs”, explica Manuela.

Apenas um pequeno portão separa os alunos da APP. A proposta é que William e os estudantes continuem a catalogar as espécies da região e realizem outras atividades, como identificação de aves, análise do solo e da qualidade da água. Por lei, são autorizadas na APP atividades de baixo impacto, como realização de trilhas e observação de pássaros.

“A planta nativa recupera uma cadeia ambiental local. Com o crescimento dessas árvores, animais como periquitos, maritacas e bichos preguiças, que comem seus frutos, retomam à APP. Assim que as árvores crescerem, o ecossistema atingirá sua autossuficiência”, resume William.

Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte da lista de Assinantes OutrosQuinhentos! É fácil, é rápido e é grátis! Clique aqui e se informe com as boas notícias e o que há de mais importante em São José dos Campos e Vale do Paraíba!


, , , , ,