Parque Senhorinha no rol das 10 soluções baseadas na natureza

Projeto prevê a dotação de infraestrutura de suporte às necessidades básicas e recreativas e o fortalecimento da economia local

Da Redação | outrosquinhentos.com | São José dos Campos
18/11/2022 23h38

O Parque Fluvial Senhorinha, da Prefeitura de São José dos Campos, foi selecionado pelo WRI (World Resources Institute) entre os 10 projetos para o programa de capacitação e mentoria do primeiro Acelerador de Soluções Baseadas na Natureza em Cidades.

Todos eles receberão consultoria especializada para o respectivo desenvolvimento, considerando a viabilidade técnico-operacional, financeira e redução de riscos. Também será oferecido suporte institucional para capacitação de equipe para que projeto incorpore as melhores práticas em soluções baseadas na natureza (SBN).

São inovações desenvolvidas para resolver desafios urbanos, como perda de biodiversidade, degradação de áreas ambientais e poluição. Inspiradas em processos naturais, as soluções multifuncionais propostas contribuem para a regeneração de sistemas e oferecem um espaço de aproximação com a natureza.

Com o objetivo de ampliar o acesso de populações vulneráveis a serviços de infraestrutura e atividades de lazer, o projeto joseense visa promover ações de recuperação do curso d’água e drenagem sustentável para melhorar a resiliência a ondas de calor e de inundações. Estruturado ao longo da recomposição do Córrego do Senhorinha, na região sul, o parque linear é conectado por corredores verdes a equipamentos públicos.

Essa região recebeu grandes conjuntos de habitação de interesse social desde os anos 80. Atualmente existe uma demanda constante por serviços de educação, saúde e lazer.

O projeto prevê a dotação de infraestrutura de suporte às necessidades básicas e recreativas e o fortalecimento da economia local. Também são previstas rota verdes para ciclistas e pedestres, hortas comunitárias, entre outras soluções baseadas na natureza.

Além de participar do acelerador, o parque será objeto de estudo hidráulico-hidrológico como parte do Plano de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais, o qual terá como objetivo o desenvolvimento sustentável. Nessa etapa, a segunda, os trabalhos serão desenvolvidos pela Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica da Poli-USP.

Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte da lista de Assinantes OutrosQuinhentos! É fácil, é rápido e é grátis! Clique aqui e se informe com as boas notícias e o que há de mais importante em São José dos Campos e Vale do Paraíba!


, , ,