Quem é o jovem cotado pelas maiores empresas do Brasil para desenvolver a comunicação e expressividade de seus gestores?

Entre seus atuais clientes, estão as principais empresas do Brasil, como: Google, Itaú, BNDES, Honda, Danone, Nestlé, XP Investimentos, Red Bull, OLX, Pfizer entre outras

por outrosquinhentos.com

Algumas vezes demoramos anos para conectar todos os pontos. E esse é o caso do economista Matheus Jacob. Durante 15 anos, transitou entre os números e a literatura, o mercado financeiro e a filosofia, até compreender o princípio que hoje guia a sua vida: tudo comunica. Nossos gestos, nossas ações, nossas escolhas. Tudo é design e tudo reflete a nossa existência. Em suas palavras: “Para Steve Jobs, o desenho de cada botão precisava ser pensado. Precisava ser arte. Eu sinto o mesmo para a nossa postura e existência.”

Com um olhar observador, iniciou sua carreira no mercado financeiro, trabalhando com fusões e aquisições, assessorando empresas em negociações complexas e competitivas. Aprendeu como grandes decisões são construídas. Como convencer pessoas. Como liderar equipes e conflitos ainda muito cedo em sua jornada. Porém, isso não parecia suficiente.

Um eterno questionador, Matheus decidiu, no auge desta carreira, abandonar os números, os ternos e as negociações, para buscar algo além. Havia algo ainda mais autêntico para dizer. Assim, mergulhou em outros mundos e deu início à sua grande virada de chave e busca individual: estudou teatro, as mais diversas artes, começou a escrever e foi procurar na filosofia caminhos para entender o universo e a rede de comunicações capaz de tornar a existência possível – algo conhecido como semiótica.

Nasceu assim o escritor, o filósofo e o especialista em semiótica e comportamento humano. Fez mestrado em Filosofia pela PUC-SP, estudou liderança, retórica e persuasão na Universidade de Chicago e na Harvard University. Escreveu dois grandes livros de sucesso: ‘Homem que Sente’ (2016) e ‘Coragem de Existir’ (2019), tornando-se um dos autores mais lidos e comentados das redes sociais, com mais de meio milhão de leitores, com seu projeto autoral, o Homem que Sente.

Com um repertório extenso, Matheus começou então a conectar os pontos: passou a ser requisitado por líderes e empresas para ajudá-los a crescerem em habilidades de comunicação, influência, oratória e liderança. Tornou-se um dos principais especialistas do assunto no país e concluiu essa jornada de redescobrimento fundando a sua própria consultoria, a Conte, também baseada em seu princípio transformador: tudo comunica.

Transformando comunicação em arte, Matheus hoje dedica sua existência a mentorias, cursos e palestras, desenvolvendo empresas e grandes líderes no Brasil para se tornarem mais expressivos, influentes e carismáticos.

, , , , , ,