Renda variável: O impacto da variante Ômicron no setor

Neste primeiro momento as próprias fabricantes de vacinas sentiram os efeitos da nova variante. As ações da Moderna, BioNTech e a Pfizer foram desvalorizadas na Nasdaq. Mas, os papéis já estão em recuperação

Da Redação | outrosquinhentos.com | São José dos Campos

O impacto negativo na economia e nas relações globais por conta da variante Ômicron deverá permanecer nos próximos meses, mesmo após o anúncio de que doses de reforço de vacinas da Pfizer e BioNTech promovem proteção e que a pílula desenvolvida pela Pfizer é eficaz. A continuidade do alerta se deu após o Reino Unido declarar a primeira morte pela nova cepa e após a China notificar novos casos. E quais são os reflexos para a economia e para o mercado financeiro?

“Globalmente falando, o impacto inicial da Ômicron foi maior nos mercados estrangeiros do que no Brasil. Aqui somaram-se a este fato e com maior peso, a questão fiscal e as discussões para as eleições presidenciais em 2022. O resultado disto é o Brasil apresentando dificuldades para atrair o investidor estrangeiro”, comentou Gustavo Neves, assessor de investimentos da Plátano Investimentos de São José dos Campos.

Leia também: Dolarização no nosso dia a dia, da cesta básica aos investimentos

Neste primeiro momento as próprias fabricantes de vacinas sentiram os efeitos da nova variante. As ações da Moderna, BioNTech e a Pfizer foram desvalorizadas na Nasdaq. Mas, os papéis já estão em recuperação.

A variante Ômicron também mexe com outros setores da economia que estavam começando a se movimentar e a imprevisibilidade fazem os investidores a ficarem atentos com relação a alguns ativos como os ligados a cadeia turística: hotelaria, aviação, agências de turismo, restaurantes e outros.

“São setores que podem ter maior risco de volatilidade. As commodities ligadas aos combustíveis também sofreram um rápido impacto, uma vez que fez desabar, por exemplo, as ações de petróleo. A queda já foi corrigida e o mercado financeiro está atento”, lembrou o especialista da Plátano Investimentos.

Mudança de Comportamento  

A espera de uma nova onda muda o comportamento de líderes mundiais e do cidadão comum. No Brasil está em andamento o amadurecimento vacinal. As pessoas estão tendo como exemplos os outros lugares do mundo, onde se nota que a vacinação em massa é cada vez mais necessária para a vida seguir em frente, inclusive economicamente falando.

“Na questão sanitária e de saúde, o Brasil vem intensificando a dose de reforço e a distribuição para diversas faixas etárias. Somado a isso, a expectativa do mercado é de um impacto menor com relação ao começo da pandemia em 2020. Estima-se que durante estes altos e baixos com a Ômicron, a Bolsa Brasileira fique nos 110 mil pontos neste ano”, indicou o assessor.

Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte do grupo OutrosQuinhentos no Whatsapp! É fácil, é rápido e é grátis! Envie QUERO para o nosso whatsapp (12) 99190 6677 ou clique aqui e entre direto no grupo.



, , ,