Série #EmCasaComSesc traz Duo Mitre, Paula Lima, Rashid, Zezé Motta e Ângela Ro Ro

São as atrações desta semana de 13 de julho; programação de shows ao vivo do Sesc São Paulo na internet traz apresentações diárias, sempre às 19h, no Instagram (@sescaovivo) e YouTube (@sescsp)

por outrosquinhentos.com

Prestes a completar três meses no ar, a série Música #EmCasaComSesc prossegue com novas atrações na semana de 13 a 17 de julho, sempre às 19h, no Instagram Sesc Ao Vivo e no YouTube Sesc São Paulo .

Como já é tradição no Sesc São Paulo, segunda-feira é o dia dedicado à música instrumental, assim como a programação do Instrumental Sesc Brasil, e neste 13 de julho a atração é o Duo Mitre, formado pelas irmãs Luísa Mitre (piano) e Natália Mitre (vibrafone e percussão). De Minas Gerais, a dupla vem ganhando destaque na cena brasileira com performances cheias de musicalidade e excelência artística. Neste show pela série #EmCasaComSesc, elas apresentam um repertório que faz um passeio por temas de grandes nomes da nossa música instrumental e obras autorais da dupla musicista. Um destaque especial para as compositoras mulheres, com obras de Léa Freire, Tânia Maria e Clarisse Assad. A cumplicidade sonora e afetiva das irmãs já rendeu os álbuns Oferenda (Luísa Mitre) e Bendito Jazz (Amaranto e Trio Mitre).

Na terça-feira, 14/7, é dia de cair no balanço suingue soul singular da cantora Paula Lima com o show “Mil Estrelas”. Ela apresenta seus grandes sucessos como Meu Guarda Chuva, É Isso Aí e Fiu Fiu, além do hit homônimo que dá nome ao show, composto por Ivo Mozart e Zeider Pires, da banda de reggae Planta e Raiz. A música produzida por Alexandre Kassin fala de amor e dos apaixonados de uma forma leve e viciante, e ganhou um ar “pop soul” cheio de frescor na voz de Paula Lima. O público do #EmCasaComSesc vai poder curtir um show que combina seus maiores hits e novas canções, mesclando romantismo com músicas de cunho social em defesa dos direitos das mulheres.

Na quarta, 15/7, tem a batida e a poesia das ruas em show do rapper Rashid. O repertório traz músicas de seu mais recente trabalho, o álbum “Tão Real”, lançado no ano passado, e canções que marcaram sua trajetória. Com 13 anos de carreira, o músico não exita em mostrar a realidade das periferias com seus versos inteligentes de cunho social, político e realista, enquanto explora diversas vertentes do rap e da música negra. Rashid é o nome artístico de Michel Dias Costa, que surgiu apresentando seu talento de MC nas batalhas de rima de São Paulo e em shows de festas rap, à época ainda sob o nome Moska. Lançou seu primeiro EP em 2010, “Hora de Acordar”, e até aqui já soma sete trabalhos solos em sua discografia.

No dia em que a cantora Elizeth Cardoso (1920-1990) completaria 100 anos, a atriz e cantora Zezé Motta presta uma homenagem a essa grande personagem considerada a Primeira Dama da nossa música popular. No show “Divina Saudade” que acontece na quinta-feira, 16/7, Zezé Motta relembra os grandes sucessos que marcaram a carreira da autora de “A Noite do Meu Bem”. Elizeth começou cantando em um dos principais programas da Rádio Guanabara, o Suburbano, ao lado de grandes nomes como Noel Rosa, Vicente Celestino e Araci de Almeida. Foi também a primeira cantora popular a interpretar o maestro Heitor Villa-Lobos, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

E abrindo o fim de semana, na sexta, 17/7, Angela Ro Ro celebra quatro décadas de trajetória como compositora, instrumentista e cantora que transita da bossa nova ao rock. A apresentação será uma viagem do passado ao futuro, passando pelos clássicos do início de sua carreira, e simboliza a “celebração à música e à vida!”, conforme destaca a artista. Músicas de seu último disco, Selvagem, lançado em 2017, e sucessos como “Amor, Meu Grande Amor” não devem ficar de fora.

Agenda 13 a 19 de julho, sempre às 19h

13/7, segunda: Duo Mitre
14/7, terça: Paula Lima
15/7, quarta: Rashid
16/7, quinta: Zezé Motta canta Elizeth Cardoso
17/7, sexta: Angela Ro Ro
18/7, sábado: Elba Ramalho. Participação: Marcos Arcanjo e Rafael Meninão
19/7, domingo: Leci Brandão. Participação: Marcus Boldrini

+ Música #EmCasaComSesc

A programação de shows na internet do Sesc São Paulo está no ar desde 19 de abril com apresentações diárias de importantes nomes da música brasileira, nos mais variados estilos. Sempre às 19h, tem uma atração ao vivo e direto da casa do artista no Instagram Sesc Ao Vivo e no YouTube Sesc São Paulo .

Até aqui, já são mais de 80 shows realizados e uma audiência de mais de 3,3 milhões de visualizações. A programação foi pensada a todos que apreciam a boa música brasileira, em tempos de isolamento social por conta do novo coronavírus e que levou ao fechamento das unidades em todo o Estado para evitar a disseminação da Covid-19.

A série Música #EmCasaComSesc também tem sido uma oportunidade para promover o Mesa Brasil, programa que conecta empresas doadoras e instituições sociais para o complemento de refeições de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Criado há 25 anos pelo Sesc São Paulo e hoje em operação em diversos estados do país, a iniciativa está com uma campanha para expandir sua rede de parceiros doadores e ampliar a distribuição de alimentos, produtos de higiene e limpeza em meio à crise causada pelo novo coronavírus.

Também engajados pela causa, os artistas têm aproveitado as transmissões on-line para convocar as pessoas, principalmente empresários e gestores, a integrarem a rede de solidariedade. Para saber como ser um doador, acesse o site mesabrasil.sescsp.org.br.

Crédito Capa: Rogério Mesquita

, , , , , , , , , , ,