Sete atitudes que turbinam a Autoestima

por Débora Loureiro, para outrosquinhentos.com*

Muito se tem falado sobre autoestima. E eu simplesmente estou amando isso. Ter a capacidade de se amar é um divisor de águas. Sem essa capacidade, nos tornamos inertes, secos… sem vida! É como se nada no mundo fosse para nós, nos servisse ou se encaixasse.

E digo isso, pois é meu lugar de fala. Infelizmente passei por muitos anos sem aceitar minhas características físicas e emocionais. Sofri muito e sei que você me entende. Após muita terapia, leitura, ajuda de pessoas que me amam e uma gigantesca dose de amor-próprio, eu conquistei coisas que jamais imaginaria ser capaz de ter, fazer e até mesmo sentir.

E por isso, dedico esse texto a você que deseja iniciar uma jornada de mais amor a si mesmo. Sem milagres. Amor-próprio não é macarrão instantâneo, que ficará pronto em 3 minutos, é um processo. Vou dividir com você 7 atitudes que turbinam a autoestima.

Atitude 1 – Pensar em quem você é

Reflita (com tempo e calma) sobre itens básicos sobre você e eu vou listar algumas sugestões para te ajudar:

  • Qual é a forma que te chamam que mais te agrada? Seu nome mesmo? Um apelido?

  • Quais suas 3 cores preferidas?

  • Quais são suas 5 qualidades?

  • Quais são as partes de seu corpo que são lindas?

  • Quais as 3 comidas salgadas que você mais gosta?

  • Quais as 3 comidas doces preferidas?

  • Qual o canto da casa que você mais gosta de estar?

  • Quais são as pessoas que você mais gosta?

  • Quais as músicas que você mais escuta? Por quê?

  • Você gosta de sua rotina? De seu trabalho?

Reflita sobre o que você faz e se gosta do que está fazendo.

A roupa que está vestindo? Você gosta dela? te faz feliz? A decoração de sua casa? Gosta de como está?

Gosta da forma como faz seus ovos mexidos? Gosta mais de café ou chá?

Pense em você. Você merece rever o que gosta e viver uma vida repleta dessas ações poderosas, que vão te engrandecer.

Nada maior e melhor que conhecer bem a ti mesmo.

Atitude 2 – Você pode e deve dizer não

Somos seres sociais e a aceitação de outro membro do grupo (familiar, trabalho, escola, o que for) nos é importante e com isso acabamos aceitando relações e situações que não desejamos. Desde não querer comparecer ao aniversário de uma amiga ou primo até mesmo estar em um relacionamento amoroso desastroso. Tudo para ser aceito.

Dizer não é difícil. Eu sei. Mas é maravilhoso! A primeira vez que você o falar você tremerá, ficará nervoso e está tudo bem!

É algo novo! E isso assusta e nos deixa ansiosos. Mas é sua liberdade, sua vida em suas mãos.

Diga não. Diga: não posso. Não quero! Não está bom! Detestei! Não vou! Não aceito!

EXIJA ser respeitado e ouvido. E te darei uma dica, no início só fale não, não se preocupe em justificar, em ser educado. Só exerça o seu direito de não estar onde não deseja e não é bem-vindo.

Impor limites é sinal de saúde, autor respeito e inteligência. Fale não!

Atitude 3 – Construa momentos de felicidade

Acredito que a felicidade é uma opção. É uma opção que você merece ter! A vida, por si só, é algo natural. Não uma entidade que se esforça para nos alegrar. A vida é o que é. Crua, rápida e reta. E está tudo bem, ok?

Não, meu caro leitor, não é uma visão amarga da vida! Pelo contrário, é uma visão realista-positiva.

Ao saber que a vida é assim e ao aceitá-la, descubro algo imenso: tenho o poder de criar felicidade! Eu tenho o poder de criar, com minhas características, minha felicidade.

E isso, meu caro, podemos fazer de várias formas…

É ficando feliz, ao tomar banho, em ter nosso sabonete preferido. Chegar em casa e estar tudo bem. É ter saúde. É pedir sua comida preferida. É dizer eu te amo. É ouvir eu te amo.

É enfrentar seus medos e ver que conseguiu!

É conquistar seu diploma, ou seu emprego.

É o amor de seu pet.

É um abraço, uma gentileza.

É ver que dentro da vida, há milagres felizes a serem vistos, como peixes em um rio, prontos a serem pescados. Mas você tem que molhar os pés e pegá-los. E você merece, é capaz e pode pegar quantos desejar.

Eu confio e acredito em você, meu leitor. Acredite em si também.

Dica prática: anote 3 alegrias que você encontrou ao longo do dia (todos os dias, mesmo que sejam os mais nublados, ok). Chamo essa lista de Milagres Pescados. Anote em uma agenda… você irá se surpreender de como a vida pode ser mais feliz (porque você escolheu ver assim)

Atitude 4 – Cuide-se, exercite-se, você é importante

Meu caríssimo leitor, apesar de ser essa escritora maravilhosa (e modesta rs) eu sou ansiosa e cheia de defeitos. E sabe o que eu descobri sobre autoestima? Que faz parte cuidar do corpo.

Não falo de estética, falo de saúde. Escolha uma forma de se exercitar e cuidar do templo que é seu corpo. Sem ele, você não fará nada! Nadinha…

Cuide dele como um templo. Cuide dele melhor do que você cuida da sua casa, emprego ou carro. Você, seu corpo, devem ser seu foco.

Ao se ver bem e saudável, você honrará o veículo que te permite fazer o que você precisa e quer.

Deve ser uma rotina em sua vida.

Faça terapia, procure ajuda profissional. Sua saúde mental é importante. Pedir ajuda não é uma ação de fraqueza, é um ato de coragem e de amor.

Mente sã em corpo são mudarão seu mundo.

Atitude 5 – Sonhe mais

Quando não acreditamos em nós mesmo a nossa capacidade de sonhar diminui.

Aqui, faço um apelo sincero. Resgate aquela criança fofa e segura que você tem aí dentro e quero que você liste em um papel seus sonhos. As coisas, as viagens, ações, acontecimentos, que você deseja para sua vida.

Só escreva e imagine sua vida com elas acontecendo…

Mas sabe o que você fará agora. Você vai listar quais são as mais próximas de você alcançar e vai pensar em um plano simples para isso acontecer.

Não estou preocupada, neste momento, se você irá ou não conquistar sua meta. Não é isso!

O foco aqui é resgatar sua capacidade de sonhar e agitar seus sentimentos ai dentro.

Você, pode e merece. Planeje, pesquise, veja aliados para te ajudar nesse sonho.

Mas sonhe!!

Se der errado: TUDO BEM!
Você só descobriu um caminho que não te levou ao seu sonho mas te ensinou. Sonhar é o combustível!

Atitude 6 – Perdoe-se

Todos erram. Todo ser humano já errou. Com ou sem intenção, já errou. E feio.

Magoou feio quem amou ou ama.

E isso é humano.

Você conhece o caráter de uma pessoa, não é pelo erro cometido. Mas sim, pela forma como ela lida com o erro cometido.

Se ela, da forma dela, se arrepende verdadeiramente e tenta (com seus recursos) consertar, ótimo! Ela não é uma canalha.

Caso essa pessoa, após cometer o erro, não se importe com os sentimentos e consequências que causou, ela é uma canalha.

Se você não é uma canalha, perdoe-se.

O seu sofrimento, seu arrependimento, seu remorso, já são dores suficientes. Peça perdão e perdoe-se.

Atitude 7 – Mande se F😜😜😜😜…

Muitas pessoas se escondem da vida. É melhor passarem despercebidas, assim não se comprometem.

E com isso, geram um sistema de críticas.

Sim, estamos cercadas dessas pessoas, que tristes consigo mesmas, exercem a crítica na vida alheia para amenizar a secura de suas vidas.

Para isso há um remédio infalível e barato: o F😜D*-SE.

Sim, um palavrão que demonstra a força de não se ater ou se importar com a opinião de quem não construiu nada ou não entende sua vida.

Aceite apenas opiniões de pessoas construtivas e que você ame e confie. O resto, é resto bebê.

Não é um guia ok. É uma linha que funciona bem.

Você merece ser feliz, respeitado e amado. Busque isso.

Eu acredito em você!

*este conteúdo é uma contribuição de Débora Loureiro, especialista em desenvolvimento humano. Os textos dos colunistas e convidados são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente expressam a opinião de outrosquinhentos.com
Quer ficar por dentro de tudo o que fazemos e receber nossas novidades primeiro? Faça parte da lista de Assinantes OutrosQuinhentos! É fácil, é rápido e é grátis! Envie QUERO para o nosso whatsapp (12) 99190 6677 ou clicando aqui.


, ,