Três dicas para começar a mudar os maus hábitos hoje

Você já reclamou hoje? Adiantou? Quando você reclama, você só pede mais daquilo que está te incomodando. Você passa a ver apenas o lado negativo daquilo, ao contrário do aprendizado que pode estar bem na sua frente

Da Redação*

A natureza te manda estímulos o tempo todo: pra você ver, ouvir e pensar. Com o tempo, os maus hábitos aparecem e diminuem nossa percepção em relação a isso. Mas como lidar com a mudança de hábitos na busca de seus objetivos de vida? Geraldo Lopes, do canal Filosofia do Sucesso, responde três perguntas importantes com dicas simples e valiosas para o seu dia render melhor. Confira:


Como vencer a preguiça?

Um dos maus hábitos que mais atrapalha o sucesso de uma pessoa, tanto no campo profissional, quanto no pessoal, é a preguiça. A falta de disposição para realizar uma tarefa simples, como levantar da cama, pode definir todo o decorrer do seu dia.

Se você se levantar em até 60 segundos após acordar, isso vai fazer com que o seu dia renda mais, que você consiga fazer tudo o que se planejou logo pela manhã, que você tenha mais disposição, que o seu pensamento positivo atraia mais coisas boas e assim por diante. Acordar não é o desafio, o desafio é levantar da cama! Por isso, experimente levantar-se em até 60 segundos após o toque do seu despertador, ao invés de clicar no botão “soneca” e depois se atrasar para tudo. Que tal esse primeiro teste?

Como parar de reclamar?

Você já reclamou hoje? Adiantou? Quando você reclama, você só pede mais daquilo que está te incomodando. Você passa a ver apenas o lado negativo daquilo, ao contrário do aprendizado que pode estar bem na sua frente. Quando você agradece, você entende que aquilo está acontecendo por alguma razão.

Se você analisar uma dor de cabeça, por exemplo, vai ver que ela existe por algum motivo. Algo não está agradando o seu organismo. Que tal agradecer aquele aviso? Reflita se aquele sinal significa que você está preocupado, se está dormindo bem, se alimentando direito… Ou você prefere um derrame cerebral logo de cara? Não, né? Então, ao invés de reclamar, passe a agradecer e, posteriormente, aprender com isso.


Como sair do automático?

Você sabe a diferença entre percepção e intuição? Percepção é tudo aquilo que você vê, percebe e ouve. Já a intuição vem repentinamente na sua cabeça, com sentimentos ou pensamentos súbitos. Se você ignorar suas intuições e percepções, seu cérebro passa a desconsiderar e desobedecer a esses tipos de sentimentos que existem justamente para te proteger.

Lembra quando você começou a dirigir? Você aprendeu que tinha um pedal pra cada coisa, pelo menos três espelhos para você olhar além do vidro dianteiro, uma porção de coisa pra prestar a atenção e tudo ao mesmo momento. Parecia impossível e hoje é natural, não é? Porque o cérebro colocou tudo no automático.

Tire as intuições e percepções do automático e passe a responder com ações em até 3 segundos. Se você as ignorar, o cérebro também entrará no automático para essas atividades. Sabe quando você não consegue se lembrar se trancou o carro, se tomou o remédio ou se deixou a janela de casa aberta? Seu cérebro fica preguiçoso. Passe a obedecer a primeira intuição e você terá surpresas!

Confira mais dicas como esta no canal Filosofia do Sucesso no youtube.

*com contribuição de Geraldo Lopes

, , , , , , , , , , , , , , ,